El Bolson, Palena, Futaleufu – Argentina e Chile

16 de janeiro de 2010

Segunda parte da viagem: CARRETERA AUSTRAL

Saimos do Hotel Flamingo (Bariloche) as 9 horas, trocamos dinheiro na Sudamérica (pesos chilenos e argentinos). Mudamos o roteiro pois o tempo estava nublado e fazer o Cerro Campanário com o tempo feio não vale a pena. Então seguimos rumo a El Bolson onde abastecemos por PAR$50.
Paramos para comer empanadas e refrigerante por PAR2 por pessoa.

Estrada de Bariloche a El Bolson

 

 

 

Pelo caminho de El Bolson a Esquel

Esquel

Seguimos rumo a Esquel onde almoçamos num lindo restaurante (Don Chiquino – decoração autêntica nas paredes e teto e nos oferecem jogos interativos para esperar sua comida…) talharim com molho bolonhesa, nhoqui creme queijos, talharim molho de atum, cerveja e refrigerante por PAR$45 por pessoa.

Paso Futaleufu

Seguimos a Trevellin e ao Paso Futaleufu por uma estrada de rípio em boas condições.
Nas aduanas correu tudo bem.
Chegamos em Futaleufu (linda cidade), mas tivemos que mudar o roteiro, pois estávamos ficando sem combustível. Como Futaleufu não tem postos de gasolina fomos até Palena. Desviamos cerca de 80km do nosso roteiro original.

Paso Futaleufu

 

Futaleufu
Futaleufu

 

 

Estrada de Futaleufu a Palena

 

 

 

 

 

Rio Futaleufu

 

Bom para prática de rafting
Chegando em Palena

 

 

 

 

A estrada para Palena é linda, assim como toda a região. Em Palena abastecemos por PCH$ 11.000 e ficamos no Hostal Mas Patagônia por PCH$12.000 por pessoa com café da manhã.
Jantamos sanduíche que compramos no supermercado, uma vez que em Palena não há restaurante. Os lanches com refri saíram PCH$2.000 por pessoa.
Fomos dormir assim que anoiteceu…

Palena

 

Mapa da rota de Bariloche a Palena
Mapa da aventura de hoje: Bariloche (Argentina) a Palena (Chile)

O que tem mais para fazer em Bariloche:

Furtados em Bariloche

Circuito 7 Lagos Argentinos ou Circuito Grande

Ventisquero Negro e Cerro Tronador

Esquel

El Bolson

Puerto Manzano

Paso Cardenal Samore

Villa Angostura, Cerro Bayo e Villa Traful

Cerro Campanário, Cerro Otto, Circuito Chico, Colônia Suiza

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *