Nobres – Mato Grosso

Nobres

12 de outubro de 2010

Olá amigos!

Que pena, mais um final de semana prolongado que chegou ao fim… E desta vez a viagem foi muito cansativa – sinto minhas pernas e braços doerem de tanto nadar…

Então deixa eu contar pra vocês:

Saímos de SP com o vôo das 6 da manhã para Cuiabá no Sábado dia 9 de outubro. Chegamos 8:30 h no aeroporto Várzea Grande de Cuiabá, e atrasamos o relógio em uma hora. Depois ficamos 1 hora esperando ser atendidos na AVIS para alugar o carro. A agência tinha apenas uma funcionária para atender o público, fazer o contrato e a vistoria dos carros.

É o preço que se paga por reservar na empresa mais barata (um Celta básico 1.0 por 4 dias de aluguel com 100 km por dia, mais 125 km extra, mais lavagem do carro saiu por R$ 326,00). Saímos do aeroporto e seguimos rumo a Chapada dos Guimarães, pois optamos fazer o trajeto para NOBRES via Lago Manso que “economiza” 48 km de terra de chão.

A estrada é linda, pois ao longe você pode avistar os paredões da Chapada, que nos deu mais água na boca pra voltar e fazer esse passeio que dever ser também imperdível…

A estrada está passando por um processo de terraplanagem, o que deixa às vezes o trecho muito bom e/ou muito ruim. Confesso que sofri mais andar por esse trecho do que por andar pela Carretera Austral. Qualquer pedra bate no protetor de carter do carro, mas dá pra fazer a estrada tranquilamente com um carro baixo.

Recanto Lagoa Azul

Chegamos no Recanto Lagoa Azul perto do meio dia e fomos muito bem recebidos pelo dono do Recanto: Toninho. O almoço já estava nos esperando… Gente! Nunca comi tão bem na minha vida… Comida caseira, farta e muito bem temperada. Amei a cozinha mato-grossense, principalmente o feijão. Divino! Nossa pousada ficava ali mesmo e fomos conhecer nosso quarto. Simples, com roupa de cama e banho boa, cheirosa, com ar condicionado e um banheiro muito grande. Super confortável.
Após o almoço fomos fazer nosso primeiro passeio: Aquário e Flutuação no Rio Salobra, que fica na própria sede da pousada. O passeio é lindo. No aquário podemos ver duas nascentes que saem das rochas a vários metros de profundidade. A cor da água é de um azul maravilhoso e os peixes nadam ao seu lado…

Você recebe um colete, máscara para mergulho e papete que estão incluídos no custo do passeio. Na flutuação no Rio Salobra você “nada” por aproximadamente 600 m e vê os peixes em seu habitat natural. É proibido colocar os pés no chão (para preservação, evitar suspensão de partículas e por precaução, pois sempre aparecem algumas arraias por lá).

O passeio dura no total aproximadamente 2 h 30 min e custa R$50,00 por pessoa.

 

Aquário

 

Vale a pena! Cansados, voltamos à sede, tomamos banho e fomos jantar na Vila Bom Jardim a 18 km do Recanto Lagoa Azul. Não preciso comentar que a janta foi tão boa quanto o almoço, preciso? Peixe frito, carne de panela, arroz, feijão salada e uma farofa maravilhosa (restaurante WF). No pacote que fizemos para o fim de semana incluía pensão completa, mas acredito que o custo por refeição não deva passar de R$ 20,00 por pessoa. Voltamos à pousada e fomos dormir…

Reino Encantado

Acordamos, tomamos um bom café da manhã e seguimos à fazenda vizinha: Reino Encantado para fazer o passeio de flutuação em uma outra nascente do Rio Salobra. Que lindo! A água brota do chão de areia e faz borbulhas impressionantes. Parece que a areia está fervendo.
O percurso tem 500m aproximadamente e como fizemos só eu, meu esposo e o guia fomos bem devagar para aproveitar todos os detalhes. Pensei que o passeio seria muito parecido com o do dia anterior, pois o rio era o mesmo e a fazenda era vizinha, mas me enganei. Nesta parte do rio prevalecem as rochas e algas, dando um aspecto encantador ao passeio…
Reino Encantado

Depois de 2 h saímos da fazenda e voltamos à pousada onde já nos esperava o guia que nos levaria ao “boia cross”. A fazenda fica na Vila Roda d’água e lá descemos o rio de correnteza mínima também uns 600 m.

O mais bonito no passeio é que se você ficar em silencio poderá ouvir e observar pássaros de diferentes espécies (inclusive vimos um que o guia nunca tinha visto antes), muitos macaco preto, lagartos e peixes. Almoçamos nessa fazenda uma maravilhosa galinha caipira com aquele tempero que somente os mato-grossenses sabem fazer…

Tiramos um cochilo depois do almoço, mergulhamos mais um pouco e no final da tarde fomos a Lagoa das Araras. LINDO! É época de acasalamento das araras e elas fazem uma festa danada no pôr do sol.

Ficamos 1 h 30 min contemplando mais de cem araras, papagaios e outras aves num local privilegiado. Havia fotógrafos com máquinas profissionais que mesmo com pouca luz tiravam fotos maravilhosas… Depois voltamos a Vila Bom Jardim, jantamos e retornamos à pousada para descansar.

Lagoa das Araras


Vídeo da Lagoa das Araras

Cachoeira da Serra Azul

No dia seguinte seguimos rumo a Cachoeira da Serra Azul. Um guia nos acompanhou até o local e na sede da “pequena” fazenda (da entrada até a sede eram “apenas” 9km…) pegamos os coletes/máscaras/papetes e depois seguimos de carro até o pé da entrada da trilha para a cachoeira.

Entramos na trilha, subimos e descemos uma escadaria com aproximadamente 400 degraus e chegamos na maravilhosa cachoeira de água cristalina, muitos peixes e pasmem: uma mini cachoerinha com água quente. A explicação para a existência dessa saída de água quente é que a água deve empoçar lá em cima, aquecer-se no sol e entrar por uma fissura na rocha e sair morna lá embaixo… Não sei se essa explicação é plausível, mas é o que os guias dizem ser…

 

 

Cachoeira da Serra Azul

Após 2 horas de banho voltamos a Vila Bom Jardim, almoçamos e a tarde seguimos ao Rio Triste para fazer flutuação. Vocês vão ficar impressionados com essa flutuação! O leito do rio também é rochoso e possui uma formação intrigante, parece que foi esculpido pelo homem, mas acreditem: é natural! Parecem bancos de pedras no fundo do rio.

O rio é mais largo e a correnteza é maior, deixando o passeio mais emocionante! Também o que impressiona é a quantidade de peixes grandes. Vimos um Dourado (e que Dourado com cara de bravo – que medo dele!!!) de uns 80 cm de comprimento e só a cabeça dele era maior que a base da minha coxa (e olha que a minha coxa é grande!).

Vida aquática

Vimos também 4 arraias, sendo que a primeira avistada era ENORME! Sem brincadeira, do tamanho de um LP de vinil (lembra deles?). Descemos 2 vezes o rio e sem dúvida foi a melhor flutuação de todas. No final da tarde voltamos a Vila Bom Jardim e passamos na Agência Rota das Águas para trocar nossa janta, o passeio do dia seguinte (Balneário Estivado – que passamos na frente e não gostamos) e o almoço do dia seguinte por mais uma visita ao Aquário e flutuação no Rio Salobra. Proposta aceita, voltamos a pousada e fomos dormir…

 Um dos Dourados que me assustou…
Arraia no Rio Triste
Volta do Rio Triste

No dia seguinte repetimos o passeio do Aquário e Rio Salobra, nos despedimos do dono da fazenda Toninho e sua esposa Mary (super atenciosos e simpáticos, assim como todos que nos receberam por lá) e voltamos a Cuiabá. Fomos ao Shopping Pantanal e às 19:30h devolvemos o carro na AVIS do aeroporto (agora fomos bem atendidos) e voltamos a SP.

Impressão da Viagem:

Realmente Nobres é lindo! A agência Rota das Águas está se organizando e está fazendo um bom trabalho, pois integra todos da região, tanto fazendas como restaurantes. A Vila Bom Jardim ainda não é bem estruturada para o turismo, mas acredito que nos próximos anos essa situação mude, principalmente com a chegada do asfalto na região.

Todos os turistas que encontramos eram de Cuiabá, somente nós éramos de fora! Segundo os guias locais aparecem por lá muitos turistas de SP, alguns do Sul do Brasil e alguns estrangeiros. Mesmo com a falta de infra estrutura para o turista vale a pena conhecer a região, ainda mais se você quiser esquecer do stress do dia-a-dia e gosta da vida no campo.

23 comentários sobre “Nobres – Mato Grosso

  1. oscaminhantes

    Olá, Carla e Élio
    Realmente, Nobres é lindo, e a falta de infra estrutura local não dá uma sensação da gente estar realmente "desbravando" o lugar?
    Tbém concordamos com vcs que o Rio Triste é imperdível!!!
    Lindas fotos!!
    Abraços,
    Marcia, João e Júlia
    os caminhantes
    família Ogro

  2. Alexandre Ritter™

    Retribuindo o recadinho;
    Então Carla e Élio, comecei meu blog após o retorno da Bolívia e Peru no início deste ano, e resolvi postar para mostrar as fotos e escrever um pouco.

    Procurando outros exemplos de blog, me deparei com o de vocês e curti muito. Li desde o início e pude sentir a sensação de estar vivenciando cada passo. Muito legal mesmo.

    Vamos nos falando, vai que uma hora destas não nos encontramos por aí (…) abraços e precisando alguma coisa de Curitiba é só falar.

    Ale Ritter
    http://alexandreritter.blogspot.com

  3. RenanGomes

    Olá.
    estou seguindo vcs tbm.
    mto bom o blog.. parabens msm,.
    _
    sobre nobres, Fantastico.
    fui algumas vezes já e pretendo voltar novamente..
    eu fazia mergulho nas cavernas aquaticas que tem na Região de Nobres..

    BOa viagem pra vcs..
    e vou acompanhar por aki..

  4. Milevo.com.br

    Olá, Carla e Élio.

    Ótimo post!

    Realmente, vocês fizeram uma viagem incrível!

    E conseguiram detalhar muito bem no post. A descrição e as fotos de tudo são de fazer inveja.

    A vontade é terminar de ler e ir pra lá. As fotos estão tão lindas. E o lugar é maravilhoso.

    Parabéns pelo post e pelo blog.

    Um grande abraço,

    Equipe Milevo
    http://www.milevo.com.br
    @Milevocom

  5. Diene Oliveira

    parabéns pelas fotos, dicas, preços (para termos a média) e tudo mais. Sou estudante e profissional de turismo, estou me organizando para ir a um congresso em MT agora em Outubro, e tirar pelo menos 1 ou 2 dias para ir a Nobres, o lugar é lindo mesmoo…sua ajuda foi de grande valor! Bom viagem a todos…abraços

  6. Natália Gastão

    Finalmente conheci Nobres!!!
    E realmente é lindo, lindo!!!
    Fiquei no Hotel Bom Garden, que fica bem no centrinho da vila e foi ótimo!
    Só não pude ir para a cachoeira da Serra Azul porque o SESC Pantanal comprou o terreno e agora ela está fechada por conta de obras no local… =(
    Mas fica para uma próxima, pois com o namorado morando em Cuiabá, certamente repetiremos a dose!
    Valeu pelas dicas!!! =)

  7. Cris

    Olás!

    Nossa, adorei as fotos, os relatos, realmente Nobres é lindo!
    Estou planejando uma ida pra lá e queria pedir algumas informações: eu vi os pacotes fechados com hospedagem e passeios, mas como irei ficar só dois dias, queria escolher os passeios….
    Em uma agência de turismo que achei na internet ele fala os preços dos passeios mas fala que temos que contratar os guias à parte.
    Primeira pergunta: Não entendi muito bem… Como funciona? Eu preciso pagar uma agencia de turismo o passeio e depois pagar ainda um guia?
    Eu pretendia ir na cachoeira da serra azul, reino encantado, aquário encantado, lagoa das araras, rio triste, gruta da lagoa azul.
    Segunda pergunta: a gruta da lagoa azul está fechada?
    Terceira pergunta: se puder, por favor me envie o contato da agência de turismo que vcs fecharam…

    Pode me responder pelo meu blog: http://umamordeviagem.blogspot.com.br/

    Muito obrigada pela ajuda!

  8. Anônimo

    Olá!
    Primeiro de tudo, parabéns pelo blog!!! Amamos as fotos e os relatos!!!
    Estamos planejando ir à Nobres em Julho e teremos pouco tempo, 2 dias inteiros, mais uma tarde (no dia que chegamos) e uma manhã (no dia que partimos) por isso gostaríamos das dicas de vcs sobre como dividir os passeios sem perder o que há de melhor!!!
    E obrigado por dividir suas vivências!!!!
    Dalton e Marcelle

    1. Carla Nogueira

      Olá Dalton e Marcelle! Obrigada pelo carinho!
      Bom, indico o seguinte roteiro para esse período: flutuação no Rio Salobra e Aquário (primeira tarde), flutuação no Reino Encantado (manhã seguinte), Boia Cross (de tarde), Lagoa das Araras (final dessa tarde), Cachoeira da Serra Azul (manhã do segundo dia), flutuação do Rio Triste (tarde do segundo dia). Veja se a Lagoa Azul já está reaberta e se estiver funcionando vá, pois disseram que é linda, mais infelizmente quando fui estava fechada. Espero ter ajudado. Bjs.
      Carla

  9. Anônimo

    Olá, estou planejamento conhecer Nobres no mês de setembro, fiquei com muita vontade de conhecer o aquário encantado, mas não sei nadar… será que o colete fornecido é realmente seguro.
    Agradeço atenção

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *