Litoral Leste do Ceará: Canoa Quebrada a Passarela do Mangue

18 de março de 2017

Chegando a Praia de Ponta Grossa

Até que enfim o Expedição Andando por aí foi conhecer o lindo litoral do Ceará. Estava na nossa listinha, mas com o preço alto das passagens para Fortaleza, ficava difícil conhecer. Conseguimos passagens em promoção e voilá!

Decidimos começar nossa jornada no Ceará pelo litoral Leste. Lá, diferente da denominação dos litorais de outros Estados Brasileiros, o litoral se divide em Leste e a Oeste de Fortaleza, já que o litoral segue essas coordenadas.

Chegamos no dia anterior na Praia de Ponta Grossa e ficamos na Pousada Canaã. Linda vista, ótimas acomodações, refeições deliciosas e com preço bem acessível e café da manhã ótimo. Fica em uma pequena vila com poucos moradores, bem estilo Turismo de Base Comunitária, que a gente gosta.

Trilha às Dunas de Ponta Grossa

No dia anterior fizemos a trilha da Praia de Ponta Grossa até as dunas vermelhas das falésias. Linda caminhada. Muita mutuca (ou butuca), pois estávamos na época de chuvas e essas pragas estavam dominado a área. Mesmo assim, vale muito a pena ver o pôr do Sol lá de cima. Pode-se fazer sozinho ou contratar um guia local.

 

Praia de Ponta Grossa

No dia seguinte, enquanto esperávamos a maré baixar para fazer nosso passeio de bugue, o Elio foi fotografar aos arredores da pousada e voltou com essas lindas imagens.

Passeio de bugue para Canoa Quebrada

Contratamos um bugueiro da comunidade e fomos até Canoa Quebrada pela praia assim que a maré começou a baixar (11 horas da manhã). De lá viemos voltando pela praia já na maré bem mais baixa e nos deslumbramos com as paisagens das falésias, ora vermelhas, ora brancas, e o mar num tom de azul que eu nunca tinha visto antes.

Canoa Quebrada

De Canoa Quebrada voltamos a Praia de Ponta Grossa, agora parando nos pontos a serem visitados, já que a maré já estava baixa.

 

Garganta do Diabo

Passamos na Garganta do Diabo, uma abertura nas falésias que pode-se entrar de carro. Lá dentro pode-se subir na falésia e apreciar a linda paisagem.

 

 

Falésias de Marjolândia, Quixaba e Retirinho

Um trecho de quase 20 km de lindas falésias multicoloridas, vilas de pescadores rústicas, areias brancas e um mar incrível.

Falésias da Praia de Ponta Grossa

Depois de passar novamente pela praia de Ponta Grossa fomos mais ao leste e daí sim conhecemos as lindas e famosas falésias desse local. São impressionantes!

Praias de Redonda, Peroba, Requenguela e Gamboa

Mais alguns quilômetros a Leste, quase já com a divisa com o Rio Grande do Norte, lindas praias e vila de pescadores. Muitos barcos e crianças brincando a beira mar.

Passarela do Mangue

Já mais ao leste, chegamos na Praia de Barreirinhas, onde fica a Passarela do Mangue. O Governo Cearense construiu uma passarela de madeira que nos leva até o mangue, passando pela flora e fauna local. Tudo bem sinalizado e organizado. Pena que poucos turistas visitam o local.

Voltando para Ponta Grossa

No caminho de volta, a maré já estava enchendo e num ponto pensei que não fossemos conseguir passar, mas o bugueiro era bom e foi que foi. Como já era final do dia, pegamos um entardecer de frente, com a luz do sol direta, o que prejudicou um pouco as fotos. Mas pessoalmente estava muito bonito.

Voltamos a pousada e fomos descasar.

Tem vlog desse dia!

6 comentários sobre “Litoral Leste do Ceará: Canoa Quebrada a Passarela do Mangue

  1. Antonia Carla

    Expedição Andando Por Aí, foi maravilhoso conhecer este lindo litoral leste da minha terra com vocês.
    Faltou o fôlego em ver tantas paisagens lindas e também agora, em ver que vocês conseguiram retratar a altura de tanta beleza.
    O sol não prejudicou as fotos não, ficou lindo como era mesmo.
    Eu e minha família queremos vocês de volta!!!!

  2. Otoniel crispim

    Olá, estou encantado com o encanto do trabalho de vocês lindas fotos dessas paisagens belíssima.
    Nós do refúgio Canaã agradecemos a visita de vocês obrigado pelo carinho pela nossa comunidade vocês são especiais, aguardamos um retorno abraços Otoniel.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *