Canoa Quebrada a Foz do Rio Jaguaribe

19 de março de 2017

Chegando em Canoa Quebrada

Acordamos cedinho e fomos até Canoa Quebrada, a 53 km da Praia de Ponta Grossa, onde estávamos hospedados na Pousada Canaã. Marcamos encontro com o guia Pablo Dias em seu bugue potente para fazermos o passeio pelas dunas de Cano Quebrada. Opte pelos bugueiros credenciados para sua maior segurança.

Nosso encontro foi na Barrada do Antônio Coco, uma das últimas barracas da praia de Canoa Quebrada. A barraca tem uma ótima infraestrutura, com piscina, várias barracas restaurante, bom atendimento e uma ótima refeição, que fizemos após o passeio.

Passeio de bugue

O passeio tem duração de 2h mais ou menos e é feito 100% nas dunas de areias brancas e macias do Litoral Leste do Ceará. Nossa primeira parada foi na praia do Estevão, onde fica o famoso símbolo da cidade esculpido na falésia.

 

 

Continuamos o passeio e subimos até um mirante (duna do Pôr do Sol) onde avistamos a grande extensão de dunas e do outro lado a mata que compõe a região. Linda vista!

Em seguida fomos até as dunas mais altas da região, onde fica uma tirolesa que cai direto em uma lagoa. Quando estive lá há 15 anos atrás, a subida da duna era feita a pé, agora há uma espécie de bondinho que sobe os turistas de uma maneira bem mais confortável. Que delícia!

 

 

 

 

 

 

 

Depois paramos na Barraca Oásis um lugarejo rústico e bem aconchegante! Lá há a possibilidade de se refrescar na lagoa de água doce deitado em redes ou se preferir pedir uma bebida e petiscos. É parada obrigatória! Tem banheiros.

Depois subimos uma grande duna e vimos várias lagoas de fazendas de camarão, localidade chamada Cumbe. Lá eles criam camarões para abastecer a região e até distribuir para o Brasil todo.

Fazendas de Camarão (Cumbe)

Barraca Oásis

 

 

Mais fazendas de camarão

Por fim fomos até o Parque Eólico onde pudemos andar sob os lindos ‘cataventos’ gigantes, em contraste ao céu azul, mar verde esmeralda e as areias, ora brancas, ora avermelhadas. Que visual! Lá de cima também avistamos o Rio Jaguaribe e sua foz. Um dos rios mais importantes da região.

Foz do Rio Jaguaribe

 

 

 

Voltamos pela praia até a Barraca do Antônio Coco onde almoçamos uma deliciosa refeição e curtimos o fima do dia com muito tranquilidade que só o litoral do Ceará pode nos oferecer!

Tem vlog desse dia!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *