Paso e Laguna Salkantay

11 de julho de 2017

Saindo do acampamento Soraypampa

Acordamos cedinho (5 horas da manhã), antes do sol nascer e tomamos nosso café da manhã preparado carinhosamente pela equipe do guia Edwin, que contratamos com o Anderson Trekkinho da Nature Adventure.

O dia de hoje seria duro e longo: quase 20 km, saindo da altitude 3.900m, subindo até 4.600m (no Paso Salkantay) e descer até o próximo acampamento a 2.900m. Um desnível de 2.400m (700m de subida e 1.700m de descida). E haja joelho!

Saímos antes do sol nascer (6 horas da manhã) pelo vale do Salkantay, sempre com o nevado a nossa frente. Lá pelas 7 horas da manhã, o Elio registrou em seu relógio com termômetro, a temperatura mais baixa do dia: 0ºC. Mas com o vento, a sensação térmica era menor ainda! Tudo ao nosso redor estava congelado! Assim que o sol surgiu entre os nevados, a temperatura começou a ficar mais agradável.

Acampamento Soraypampa ao fundo

Nevado Salkantay

Foram quase 4 horas de subida de moderada a forte, sempre devagar, respeitando nosso ritmo e o ritmo do grupo. As vistas são incríveis!


Dica: caso você esteja com algum mal estar da altitude, calos nos pés ou mesmo dores pelo corpo, você pode contratar um arriero com cavalo no acampamento, que te leva até o paso. O valor não é baixo, mas na hora do desespero é uma boa saída. Respeite os limites do seu corpo! Você não precisa provar nada para ninguém. Não é demérito nenhum decidir ir a cavalo até o paso.


 

 

 

 

 

 

 

 

 

Última subida antes do Paso Salkantay

 

 

 

Paso Salkantay

Lá no paso, a 4.600m, a vista do nevado Salkantay é ainda mais imponente! Parece estar tão perto… Ficamos alguns minutos por lá, desfrutando a vista, com mais outros mil caminhantes! 🙁

Laguna Salkantay

Em seguida, nosso guia nos levou a Laguna Salkantay, a direita do paso. Não havia nenhum outro grupo indo para lá. Aliás, vários grupos já até haviam começado a jornada da descida, quando saímos para a laguna. Assim que entramos na trilha, alguns outros estrangeiros começaram a nos seguir.


Dica: muitas pessoas que fazem essa trilha não conhecem a laguna, pois seus guias tem preguiça de levar as pessoas até lá. São só 15 minutos do paso e a vista é incrível. Então, se você for fazer essa trilha, não deixe de pedir para o seu guia te levar até lá.


Laguna Salkantay

 

Descendo até o acampamento Colcapampa

Bom, foram cerca de 6 horas descendo. Alguns momentos a descida era suave, mas a maioria do tempo era moderada a forte. Com pedras pequenas, médias e grandes pelo caminho, tornando tudo muito mais difícil. Nas pedras menores, mesmo estando com botas boas, é quase inevitável escorregar um pouco e dar aquele gelinho de susto no peito.

Para quem não é acostumado a descer, os joelhos e os pés são os que mais sofrem. Mesmo parando quase uma hora para o almoço em uma cabana no meio do caminho, o corpo pede arrego ao final do dia.

Transição entre a vegetação da montanha e floresta

Área de floresta

Chegamos no acampamento Colcapampa lá pelas 16h e já entrei na fila do banho quente. Sim, nesse acampamento, por apenas 10,00 Soles, a gente pode tomar um banho delicioso. Também tem wi-fi por 10,00 Soles.

Depois do banho ficamos de boa até a hora do jantar, comemos e fomos descansar!

Veja o vlog desse dia:

6 comentários sobre “Paso e Laguna Salkantay

  1. Clara

    Que beleza!!! Revivi meu trajeto! Saudade de vocês, Carla e Elio!! Ah, depois da descida a pontinha do dedo do meu pé direito ficou dormente… nunca mais voltou ao normal! Hehehh

    1. Admin Autor da Postagem

      Oi Clara! Saudades de vc também! Sabia que uma vez muma trilha no Chile a ponta do meu pé também ficou dormente? Levou alguns anos para voltar ao normal e até hoje está estranho. kkkkkk Bjs e se cuidem!

  2. Elaine Silveira

    Muito lindo! Amo trilha…apesar dos meus 54 anos, tenho um preparo bem legal, quero ir ao Peru na primeira oportunidade, abraço!

    1. Admin Autor da Postagem

      Oi Elaine! Claro, idade é apenas um número! Enquanto a gente tiver pique e joelho, a gente vai fazer trilha! hahahaha. Bjs e volte sempre!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *