Retiro dos Pedros na Travessia Baependi x Aiuruoca

08 de setembro de 2017

Acordamos cedinho no nosso acampamento improvisado próximo a Cachoeira do Charco e continuamos nossa jornada. Estávamos com um grupo excelente formado pelo guia Carlos Moura da Mantiex.

Saindo da Cachoeira do Charco

Hoje seria o dia mais duro. Cerca de 11 km até o Retiros dos Pedros, passando pelo Totem Santo Daime. Muitas subidas e descidas pelo caminho. Não são subidas íngremes, mas são longas. E claro, sob sol intenso, sempre nos desgastamos mais. Ainda bem que há bastante pontos de água pelo caminho. Água boa e abundante, mesmo nessa estiagem desse ano (agora, depois da grande queimada que ocorreu uma semana depois que passamos por lá, não sei como estão esses pontos de água).

Entre vales e cristas, em um momento pudemos observar a Cachoeira do Fundão, o Parque Nacional Itatiaia e um pedaço da Serra Fina. O dia estava com uma visibilidade extremamente limpa.

 

Em uma dessas subidas intermináveis comecei a passar mal. Veio como uma leve náusea e depois acabei ficando bem enjoada mesmo. Na parada me hidratei e tomei nossa vitamina (Neston com leite), tirei os óculos e comecei a melhorar. Não sei se foi o esforço sob sol, ou fome, ou os óculos que me enjoaram, mas ainda bem que melhorei, pois ainda estávamos no meio da trilha.

Algum tempo depois, pegamos uma antiga estrada de chão que a comunidade Santo Daime usava antes do local se tornar Parque Estadual.

Chegando no Totem Santo Daime

Totem Santo Daime

Saindo de uma área de floresta, chegando próximo ao Totem Santo Daime, encontramos 3 guardas parques mirins de motocicletas. Eles estavam na vigilia para nenhum trilheiro acampar por ali, já que agora é proibido (veja nesse post). Já no Totem, encontramos os proprietários da terra (lembrando que essas terras estão sendo disputadas na justiça) e conversamos um pouco sobre a situação do Parque Estadual Serra do Papagaio e a Reserva Particular.

Ficamos por lá quase 1 hora, conversando e ‘almoçando’. Há um ponto de água junto a mata da floresta a direita da trilha de quem vem de Baependi. Segundo o guia, o Totem Santo Daime é uma escultura de pedra fincada na terra, simulando uma agulha de acupuntura. Foi colocada ali a alguns anos atrás por um europeu que fez o mesmo em várias partes do mundo. Essa área, então, foi escolhida para receber essa energia. Interessante essa história, não é mesmo?

Totem Santo Daime

Guardas parques mirins de moto

Proprietários das terras

Nesse trecho de trilha até o Retiro dos Pedros há menos subidas e descidas, revezamento entre campos abertos e florestas frescas e a caminhada voltou a ficar gostosa.

Retiro dos Pedros

A caminhada continuou bem mais tranquila. Foram menos de 3 horas até o Retiro dos Pedros. O local é excelente para acampar: abrigado de vento, próximo a picos onde se pode desfrutar um lindo nascer ou pôr do Sol, dois pontos de água próximos e um campo de altitude lindo para desfrutar. Me apaixonei pelo local! Ficaríamos duas noites ali. Como chegamos cedo, deu tempo de conhecer a água mais distante e até nos banharmos. A água próxima ao acampamento estava um pouco parada e por isso preferimos buscar água no segundo ponto mais distante.

Abrindo um parênteses: Nesse acampamento há indícios de fogueira e acho um absurdo algum trilheiro dizer que ‘se for bem controlada a fogueira é possível’. DISCORDO! Nenhum tipo de fogueira é permitido em ambientes naturais. Em questão de segundos o fogo sai de nosso controle e destrói tudo, como aconteceu uma semana depois da nossa passagem por lá. Se você faz fogueira, na minha opinião, você não respeita a natureza e não merece meu respeito também!

Presenciamos um lindo pôr do Sol no Pico do Canjica contemplando logo abaixo o Cânion do Cavalo Baio. Um dos mais lindos que já vi.

Retiro dos Pedros

Jantamos uma deliciosa macarronada com carne e fomos descansar para o dia seguinte fazermos um bate e volta até o Pico do Papagaio.

Tem vlog do dia de hoje:

Nosso roteiro da Travessia Baependi x Aiuruoca

Dia 1 – Cachoeira do Juju a Cachoeira do Charco

Dia 2 – Cachoeira do Charco ao retiro dos Pedros – esse post

Dia 3 – Retiro dos Pedros – Pico do Papagaio – Retiro dos Pedros

Dia 4 – Retiro dos Pedros a Cachoeira dos Garcias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *