Travessia da Serra Negra no PARNA Itatiaia

09 de junho de 2017

Entrando no PARNA Itatiaia

Chegamos no Parque Nacional do Itatiaia (Posto do Marcão) às 9 horas da manhã, horário em que fica liberado pela portaria as travessias dentro do parque. Estávamos com um grupo, de maioria meninas, com o guia Wladimir Loyola. A travessia da Serra Negra é de 3 dias, com subida a Pedra Preta (2.572 m altitude) no segundo dia da travessia da Serra Negra. O final dessa travessia fica em Maromba, já na parte baixa do PARNA Itatiaia.

Julietti, acesso a cadeirante no parque. Lindo projeto!

Posto do Marcão

Estrada dentro do PARNA Itatiaia

A caminhada do dia de hoje é longa (22 km) com bastante descidas. O dia amanheceu nublado e para variar começou a chover logo na primeira hora de trilha. Infelizmente não pudemos observar a Cachoeira Aiuruoca, nem subir a Pedra do Altar e o Vale dos Dinossauros por causa da cerração baixa e chuva.

Travessia da Serra Negra

O início da trilha é para as Agulhas Negras, depois pega-se a bifurcação para a Cachoeira do Aiuruoca e enfim, já bem mais adiante, há outra bifurcação, que para a direita vai para o Rancho Caído e para a esquerda começa a descida para a Serra Negra. Nesse momento começa a transição entre a vegetação alta do parque com a vegetação da parte baixa (Mata Atlântica). Muito bonito esse trecho.

Várias paradas com ponto de água pelo caminho. Numa delas paramos para almoçar. As 15:30h começou a chover intensamente e o caminho ficou mais propício a escorregões. O céu escureceu e fiquei com medo até que caísse alguns raios, mas não aconteceu.

Chegamos em uma linda pousada já no bairro Serra Negra no final da tarde. Os proprietários criam truta em tanques e o jantar foram esses peixes acompanhadas de uma deliciosa comidinha caseira.

Andar o dia inteiro em meio a natureza num dos parques mais lindos do Brasil e poder repousar em uma cama aconchegante e um delicioso jantar como esse, não é ‘roots’, mas tá valendo! Porque a gente merece um pouco de conforto na montanha também!

Tem vlog do dia de hoje, confere aí:

Veja os outros dias dessa travessia:

Dia 1 – Esse post

Dia 2 – Pico da Pedra Preta

Dia 3 – Chegando em Maromba

Dicas de outras trilhas no:

Parque Nacional do Itatiaia

Dicas da Região de Mauá:

Véu da Noiva em Maromba

Cachoeiras Gigantes de Santo Antônio do Rio Grande

Cachoeira do Santuário, Toca da Raposa, Santa Clara e da Prata

Cachoeira Alcantilado

Cachoeira Marimbondo

6 comentários sobre “Travessia da Serra Negra no PARNA Itatiaia

  1. Domitila Bercht

    Olá Elio e Carla, parabéns pelas fotos e pela bela postagem! Tenho um blog recém lançado para promover a região de Visconde de Mauá, vizinha do PARNA Itatiaia, na Serra da Mantiqueira. Vocês chegaram nesta travessia até a Maromba?! Gostaria saber se eu poderia publicar no blog trechos desta postagem e algumas fotos, citando a fonte com link de acesso à esta matéria?! Seria possível?! O Blog é: bem-te-viviscondedemaua.blogspot.com.br com página no Facebook bemteviviscondedemaua. Grata pela atenção. Domitila

    1. Admin Autor da Postagem

      Olá Domitila!
      Obrigada pelo contato!
      Pode publicar as fotos sim, mas sempre citando a fonte! Já o texto, sugiro que encaminhe para o nosso link, já que fica muito plágio e os robôs do Google penalizam duplicidade de texto, desfavorecendo o site menor e mais recente. Temos que ter cuidado com esse tipo de ação na internet, pois senão não conseguimos crescer na rede!
      Ainda vou publicar o segundo e terceiro dia dessa travessia nos próximos dias. Sim descemos em Maromba.
      Qualquer dúvida estarei aqui.
      Abraços
      Carla

  2. Leandro Chang

    Olá!
    Não tem o Tracklog da travessia?
    Para ir ao Pico da Pedra Preta precisa de 1 dia inteiro?
    Da para fazer a travessia passando pelo pico em 2 dias?
    Obrigado

    1. Admin Autor da Postagem

      Oi Leandro!
      Não temos o tracklog da travessia.
      Dá sim para fazer em dois dias se caminharem mais rápido.
      No segundo dia você pode deixar sua mochila de ataque na sede da pousada, subir até o Pico da Pedra Preta, descer, pegar seus pertences e descer até Maromba.
      Vai ser corrido, mas se você tem experiencia em caminhadas dá sim.
      Espero ter ajudado.
      Abraços!
      Carla

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *